Série ”Obra de Deus” – Parte 1

 

1264231_39887074

Ao passar do tempo a obra de Deus no Altar (como pastor ou esposa), está evoluindo, e cada vez mais rapazes e moças vêm se interessando por esta obra maravilhosa. Mas na maioria das vezes o que impede muitos desses jovens seguirem em frente, é uma duvida que fica na mente de muitos deles: ‘’será que esse é mesmo o meu chamado?”

Neste artigo estaremos abordando um pouco mais desse assunto, ou seja, O Verdadeiro Chamado de Deus. Para começar, o chamado de Deus não tem absolutamente nada a ver com emoções e sentimentos, que muitas vezes tem sido a barreira na vida das pessoas, como por exemplo, o rapaz é novinho de obreiro, está todo empolgado para fazer obra no altar, sem saber o que ela realmente significa, acha que é apenas fazer reunião. Ou a moça que vê a esposa do pastor sempre bem arrumada, e acha que a vida dela é perfeita, que todos a respeitam, e por isso quer ser igual a ela.

É ai que muitos se enganam, por acharem que o chamado de Deus é baseado na emoção ou na moleza. O verdadeiro escolhido é aquele que Deus já falou fortemente em seu coração, que não se ver fazendo outra coisa senão servindo a Deus inteiramente. Pare e analise quais tem sido suas prioridades, quais têm sido seus verdadeiros desejos, aqueles desejos que ardem em seu peito, os que lhe fazem sentir feliz e realizado, vejam se é o Altar que realmente te encanta.

Se uma pessoa não tem o chamado de Deus, ela pode até entrar, mais jamais vai se sentir feliz, e, além disso, apenas gerará filhos da carne, pois ela (e) não está fazendo aquilo com amor, e sim por uma obrigação. Já aqueles que resistem ao chamado, podem até tentar, mais nunca estarão felizes e completos (o) no átrio. O chamado de Deus é assim, você não tem prazer em mais nada lá fora, seu único desejo é servir o Senhor Jesus de todo o coração, e todo o tempo livre quer dedicar a obra dEle.

Este Post Há 0 Comentários

Deixe uma resposta